Tratamento temático da informação (TTI): influência dos paradigmas físico, cognitivo e social em artigos de revisão de literatura no período de 1966-1995

  • Marisa Bräscher Universidade Federal de Santa Catarina
  • José Augusto Chaves Guimarães Unesp/Marília

Resumo

Propõe o estudo das influências dos paradigmas físico, cognitivo e social em pesquisas da área de Tratamento Temático da Informação (TTI) no período de 1966 a 1995, a partir de artigos de revisão publicados no Annual Review of Information Science (Arist). A pesquisa caracteriza-se como exploratória e emprega o método de revisão da literatura: umbrella review. O corpus de pesquisa é composto de 13 capítulos de revisão do estado da arte sobre TTI publicados no Arist, nas décadas de 1966-1995. Os três paradigmas estão presentes nas pesquisas de TTI relatadas nos artigos de revisão e observa-se maior evidência dos paradigmas físico e físico-cognitivo. Os paradigmas cognitivo e social foram evidenciados em apenas um artigo cada um. Conclui que o TTI acompanha as visões predominantes na ciência da informação quanto às influências epistemológicas.

Palavras-chave: Tratamento Temático da Informação. Paradigma Físico. Paradigma Cognitivo. Paradigma Social.

Link:http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4347

Biografia do Autor

Marisa Bräscher, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutora em Ciência da Informação. Professora associada da Universidade Federal de Santa Catarina
José Augusto Chaves Guimarães, Unesp/Marília
Doutor em Comunicação. Professor titular da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Marília)
Publicado
2019-07-08
Seção
Resumos de artigos científicos