A comunicação científica através do Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia: levantamento da Área I

Resumo

A comunicação científica tem passado por transformações a partir do advento da internet, a exemplo do Movimento de Acesso Aberto, que incentiva a disponibilização de conteúdo gratuitamente, importante marco que reflete de forma direta na democratização do conhecimento. A pesquisa em questão visa adentrar-se em uma das estratégias propostas por esse movimento, conhecida como Via Verde e representada pelos repositórios institucionais. A implantação destes representa o engajamento das instituições produtoras de conhecimento ao movimento, nesse sentido, esse estudo pretende verificar a adesão dos Programas de Pós-Graduação da Área I da Universidade Federal da Bahia ao seu Repositório Institucional. O objetivo geral consiste em analisar a disponibilização de conteúdo resultante da produção científica desses programas entre 2010 e 2018.  O levantamento de dados tem ocorrido a partir da observação do objeto de estudo e aplicação de questionário aos coordenadores dos programas, para compreendermos os seus conhecimentos sobre acesso aberto e os critérios utilizados junto à comunidade acadêmica, para o autoarquivamento do conteúdo produzido. A pesquisa tem caráter bibliográfico, de natureza aplicada e abordagem qualitativa e quantitativa. Busca-se conhecer as políticas internas adotadas pelos programas dessa área, e ações junto à comunidade acadêmica para fomentar o autoarquivamento, visando contribuir com o crescimento do acervo do Repositório e ampliar o acesso a produção científica e tecnológica da Área I, que refletem na pesquisa em Ciência e Tecnologia.  Como resultados parciais, podemos destacar que tem sido satisfatória a investigação no que tange a identificação dos critérios mais utilizados para incentivar a disponibilização de conteúdo.

Biografia do Autor

Davilene Souza Santos, Universidade Federal da Bahia
Graduada em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal da Bahia-UFBA (2007). Pós-Graduada em Gestão de Pessoas pela Faculdades Integradas Olga Mettig-FAMETTIG (2011). Atualmente é Assistente em Administração da Universidade Federal da Bahia, lotada na Superintendência de Tecnologia da Informação - STI. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade da Universidade Federal da Bahia (PPGEISU/UFBA). 
Publicado
2019-07-09
Seção
Pesquisas em andamento