Geração de indicadores para periódicos científicos abertos

  • Patrícia Zeni Marchiori Universidade Federal do Paraná
  • Eduardo Michelotti Bettoni Universidade Federal do Paraná
  • Marcelo Batista Carvalho Universidade Federal do Paraná
  • Andre Luiz Appel Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Equipes editoriais envidam constantes esforços no cumprimento de requisitos qualitativos e quantitativos exigidos por agências indexadoras de periódicos científicos. Aqueles periódicos ainda não consolidados nas suas áreas de interesse - e consequentemente ainda não inseridos nas bases de dados que produzem indicadores - normalmente deixam de coletar, calcular e analisar dados que venham a auxiliá-los na tomada de decisão. Assim, questiona-se a possibilidade e as condições de geração de indicadores de desempenho, utilizando-se os dados presentes na plataforma Open Journal Systems - enquanto ambiente de editoração e publicação de periódicos científicos -, em conjunto com outras fontes de dados sob domínio ou alcance dos seus gestores. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi explorar uma metodologia para geração de tais indicadores, integrando a criação e uso de uma base de referências com a consulta aos critérios de avaliação de periódicos verificados na literatura e, ainda, com o processo de extração de metadados. Tal metodologia, aplicada ao periódico “AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento”, resultou na exploração de um corpus de referências em BibTeX e na conversão dos metadados existentes no arco temporal de 2011 a 2016, permitindo o planejamento, criação e análise de indicadores que, potencialmente, podem auxiliar na visão estratégica do periódico. O conjunto de dados coletados e o teste dos indicadores propostos reforçam a necessidade de preenchimento integral e constante dos metadados, bem como as vantagens do uso do formato BibTeX, além de permitir a sequência da investigação, voltada ao entendimento, avaliação e comparação do periódico com outros títulos disponíveis.

Palavras-chave: Produção científica. Revistas eletrônicas. Técnicas bibliométricas

Link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-37862018000300324&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

Biografia do Autor

Patrícia Zeni Marchiori, Universidade Federal do Paraná
Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciência e Gestão da Informação. Av. Prefeito Lothário Meissner, 632, Campus III, Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil.
Eduardo Michelotti Bettoni, Universidade Federal do Paraná
Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciência e Gestão da Informação. Av. Prefeito Lothário Meissner, 632, Campus III, Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil.
Marcelo Batista Carvalho, Universidade Federal do Paraná
Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciência e Gestão da Informação. Av. Prefeito Lothário Meissner, 632, Campus III, Jd. Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil.
Andre Luiz Appel, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Escola de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Publicado
2019-09-09
Seção
Resumos de artigos científicos