Aspectos ontológicos e epistêmicos em terminologias clínicas: em busca de interoperabilidade semântica no ambiente clínico

  • Livia Marangon Duffles Teixeira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Mauricio Barcellos Almeida Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Objetivo: A melhoria no atendimento continuado a uma grande população em hospitais e postos de saúde é um desafio para a sociedade brasileira. Um dos problemas que profissionais de saúde não podem resolver sozinhos é a dificuldade de integração entre os diversos registros médicos para o mesmo paciente, dispersos em diferentes sistemas, espalhados por diferentes regiões geográficas e temporais. O presente artigo investiga a ambiguidade inerente às terminologias clínicas – especificamente a Classificação Internacional de Doenças (CID) e a Systematized Nomenclature of Medicine-Clinical Terms (SNOMED CT) – a qual impacta na possibilidade de interoperabilidade semântica entre prontuários eletrônicos de pacientes. Método: Como solução, estuda-se como “ancorar” termos representativos de entidades médicas com semântica pouco
definida a recursos ontológicos semanticamente bem definidos. Resultado: O duplo processo de ancoragem, o qual consiste em conectar terminologias a ontologias bem fundamentadas, bem como privilegiar termos atômicos, foi criado para reduzir a ambiguidade dos termos e expressões, de forma a mitigar a falta de interoperabilidade semântica entre sistemas de informação. Conclusão: A interoperabilidade é uma questão sem solução trivial. A ancoragem proposta é uma possibilidade para fomentar a integração de sistemas em função da conexão com recursos construídos de acordo com as melhores práticas. Espera-se que essa pesquisa promova avanços para os sistemas de informação usados em unidades de saúde e, em última instância, para o atendimento e o cuidado continuado ao cidadão, através de técnicas da Ciência da
Informação.

Palavras-chave: Terminologia Clínica. Ontologia. Epistemologia. Interoperabilidade Semântica. Prontuário Eletrônico do paciente.

Link: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2019.e57996/39968

Biografia do Autor

Livia Marangon Duffles Teixeira, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Ciência da Informação. UFMG, PPGGOG, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil 

Mauricio Barcellos Almeida, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutor em Ciência da Informação. UFMG, PPGGOG, Belo Horizonte, Minas Gerais

Publicado
2019-11-28
Seção
Resumos de artigos científicos