O uso de Realidade Aumentada no contexto dos museus: o portfólio brasileiro de teses e dissertações até 2017

  • Graciela Sardo Menezes Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;
  • William Barbosa Vianna Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil
  • Márcio Matias Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;

Resumo

O objetivo deste estudo é identificar e analisar, dentro da literatura oriunda dos Programas de Pós-Graduação do Brasil, teses e dissertações que investigaram o uso das tecnologias digitais, nomeadamente a Realidade Aumentada, nos espaços museológicos. Busca subsidiar o desenvolvimento do tema com base em estudos consolidados nos Programas de Pós-Graduação brasileiros e identificar a fundamentação teórica para investigações futuras. Para tanto, foi realizado uso de busca simples, preliminar e de natureza exploratória nos Bancos de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. Os resultados apontaram para uma produção dispersa, pouco sistematizada e para a oportunidade de criação de protocolos de pesquisa no assunto com base nos dados levantados.

Palavras-chave: Museu. Realidade Aumentada. Ciência da Informação. Interdisciplinaridade. Museologia.

Link: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/86096

Biografia do Autor

Graciela Sardo Menezes, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;

Mestre pela Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;

William Barbosa Vianna, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil

Doutor, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil

Márcio Matias, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;

Doutor, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil;

Publicado
2019-12-09
Seção
Resumos de artigos científicos