A origem dos conhecimentos humanos no contexto dos estudos informacionais

  • Luciana Gracioso

Resumo

Historicamente os estudos da informação se relacionam diretamente com os estudos da linguagem. Recentemente, entra nesse cruzamento, a tecnologia. Procurando identificar caminhos que possam servir aos estudos informacionais para refletir e construir suas estruturas de linguagem para mediação do conhecimento, é desenvolvido um ensaio sobre qual seria o lugar da linguagem na obra “Ensaio sobre a origem dos conhecimentos humanos” (1746), de Étienne Bonnot de Condillac (1715 – 1780). Procura-se, ao final, defender as perspectivas do filósofo como um dos pontos de partida prévios que poderiam também ser assumidos pela Ciência da Informação para distinguir aquilo que atualmente concebemos como linguagem, conhecimento e uso da informação.

Palavras-chave:Filosofia da linguagem. Epistemologia da informação. Filosofia moderna.

link: http://revista.ibict.br/fiinf/article/view/4647/4053

Biografia do Autor

Luciana Gracioso

Historicamente os estudos da informação se relacionam diretamente com os estudos da linguagem. Recentemente, entra nesse cruzamento, a tecnologia. Procurando identificar caminhos que possam servir aos estudos informacionais para refletir e construir suas estruturas de linguagem para mediação do conhecimento, é desenvolvido um ensaio sobre qual seria o lugar da linguagem na obra “Ensaio sobre a origem dos conhecimentos humanos” (1746), de Étienne Bonnot de Condillac (1715 – 1780). Procura-se, ao final, defender as perspectivas do filósofo como um dos pontos de partida prévios que poderiam também ser assumidos pela Ciência da Informação para distinguir aquilo que atualmente concebemos como linguagem, conhecimento e uso da informação. 

Palavras-chave: Filosofia da linguagem. Epistemologia da informação. Filosofia moderna.

Link: http://revista.ibict.br/fiinf/article/view/4647/4053#_ftn1

Publicado
2019-12-09
Seção
Resumos de artigos científicos