Redes sociais na comunicação científica: Análise de Redes Sociais (ARS) nos anais do Enancib

  • Tereza Renôr Ferreira
  • Alzira Karla Araújo da Silva
  • Alzira Karla Araújo da Silva
  • José Domingos Padilha Neto
  • Josélia Maria Oliveira da Silva

Resumo

Levando em consideração as redes sociais atribuídas à comunicação científica, o Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação – Enancib apresenta redes sociais formadas por diversas relações constituídas intrainstitucionalmente, interinsitucionalmente, por coautorias, colaborações, e até mesmo por colégios invisíveis. Este artigo visa conhecer a produção científica em redes sociais, tendo como objetivo analisar a produção do conhecimento sobre redes sociais no GT4 dos anais do Enancib no período de 2010 a 2016. A pesquisa de cunho exploratório, com abordagem quanti-quali, buscou visualizar o conteúdo das relações das redes sociais do GT4, conhecendo também os aspectos matemáticos das matrizes estabelecidas a partir dos cruzamentos de dados numéricos na planilha do Excel implícita no aplicativo UCINET, versão 6.232, proposta pela Análise de Redes Sociais (ARS) das tabelas e grafos produzidos pelo aplicativo. Como achados de pesquisa, pode-se constar que o GT4 apresenta relações intra e interinstitucional; que a USP tem se destacado na produção das redes sociais; que a pesquisa sobre redes sociais no GT4 configurou-se uma rede social sócio técnica; e que existe um vasto campo de estudo sobre redes sociais a ser relacionado com os interesses no GT pesquisado.

Palavras-Chave: Redes Sociais. Análise de Redes Sociais. Comunicação Científica.

Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1425

 

Publicado
2019-12-09
Seção
Resumos de artigos científicos