Análise dos repositórios das universidades federais brasileiras

  • Ana Paula De Oliveira Villalobos Universidade Federal da Bahia
  • Fabio Andrade Gomes Universidade Federal da Bahia e Universidade Federal do Reconcavo da Bahia

Resumo

Os Repositórios Institucionais têm-se tornado uma alternativa relevante para as instituições de ensino e pesquisa por reunirem a produção científica em um único local, potencializando a disseminação e o acesso à informação científica. Essa pesquisa teve como objetivo analisar como os repositórios institucionais de universidades federais brasileiras padronizam os metadados na representação da informação. Método: A metodologia caracterizou-se como descritiva, cuja investigação se deu através da combinação dos métodos levantamento, documental e estudo de casos múltiplos, a partir de uma amostra composta de 21 repositórios registrados em pelo menos um dos três diretórios selecionados com o URL em funcionamento. Para a obtenção das informações, optou-se pela adoção das técnicas de observação sistemática e aplicação de questionário junto aos gestores. Resultados: Dos 21 repositórios analisados, apenas 13 (61,90%) e 4 (19,05%) possuíam, respectivamente, política de funcionamento e manual divulgados. Dos 20 gestores que responderam ao questionário, 17 (85%) declararam oferecer treinamento para os responsáveis pelo depósito e 19 (95%) informaram realizar revisão/controle de metadados. Conclusão: Assim, concluiu-se que, embora a maioria dos repositórios institucionais analisados realize ações que visam a padronização de metadados na representação da informação, observou-se questões críticas que a compromete, tais como carência de políticas de funcionamento e de manuais divulgados com conteúdos relevantes para auxiliar o depositante no processo de descrição de documento.

Palavras-chave: Politicas. Informação. Metadados. Representação. Disseminação.

Link: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/27929/18029

Biografia do Autor

Ana Paula De Oliveira Villalobos, Universidade Federal da Bahia

Professora Associada II do Instituto de Ciência da Informação, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, Brasil

 

Fabio Andrade Gomes, Universidade Federal da Bahia e Universidade Federal do Reconcavo da Bahia

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Bibliotecário da Universidade Federal do Reconcavo da Bahia (UFRB), Cruz das Almas – BA, Brasil

Publicado
2019-12-16
Seção
Resumos de artigos científicos