Estudo bibliométrico sobre Makerspaces na Web Of Science: uma reminiscência documental e bibliográfica

Resumo

O termo makerspaces, ou espaços de criação, abordado na literatura organizacional, cujas raízes podem ser rastreadas no início do século XX, mas a produção de sentido desse termo começa a se definir com o avanço do movimento ‘maker’ do início dos anos 70. A pesquisa traça assim um levantamento parcial do estado da arte nesse campo de pesquisa, e por meio da técnica bibliométrica levanta as mais recentes publicações acadêmicas na base de dados Web of Science (WoS). Assim, este trabalho pretende contribuir para futuras pesquisas na área da ciência da informação, oferecendo elementos de interesse para aqueles que desejem trabalhar essa temática, fornecendo informações sobre quais revistas científicas e autores mais eminentes, além de direcionar possíveis periódicos com maior visibilidade sobre o tema. A análise bibliométrica, realizada em 10 de julho de 2019 no WoS, encontrou 40  itens documentais e forma o corpo desta pesquisa, sendo que a análise foi realizada com base na produção ocorrida no período de 2014 a 2018. A análise dos resultados demonstra que a maioria dos artigos sobre ‘makerspaces’ presentes na base de dados WoS foram publicados nos Estados Unidos, em língua inglesa, em periódicos norte americanos. Assim, o diagnóstico aponta uma forma de contribuição para pesquisadores da área da ciência da informação, possibilitando trabalhar esta temática na área de arquivos, bibliotecas, museus, centro de informação, documentação e memória.

Biografia do Autor

Marcelo Calderari Miguel, UFES

Bacharel em Biblioteconomia (UFES); Bacharel em Ciência Contábeis pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD); e Discente de Iniciação Científica do curso de Administração (UFES).

Taiguara Villela Aldabalde, Universidade Federal Do Espírito Santo

Docente do Mestrado em Ciência da Informação (PPGCI/UFES). Pós-Doc em Ciências da Informação (Universidade Fernando Pessoa, Porto, Portugal). 

Rosa da Penha Ferreira da Costa, Universidade Federal Do Espírito Santo

Docente e Coordenadora do Mestrado em Ciência Da Informação (PPGCI/UFES). Doutora Em Ciência Da Informação - UnB.

Publicado
2020-01-30
Seção
Pesquisas em andamento