Práticas informacionais de jovens e adultos: uma experiência com estudantes do PROEJA

Resumo

Este estudo buscou identificar as práticas informacionais de estudantes de um curso técnico integrado ao ensino médio na modalidade de educação de jovens e adultos em uma instituição de Brasília, Distrito Federal, Brasil. As questões buscaram identificar características de acesso e uso da informação com destaque para as tecnologias que costumam ser utilizadas, frequência de uso, local de acesso e a preferência pelas ferramentas de comunicação e busca da informação. A pesquisa apresenta caráter descritivo e natureza mista, cuja técnica de coleta de dados foi a entrevista estruturada com emprego de um questionário. Os resultados indicam o acesso diário à internet para a maioria dos participantes, a preferência pelo smartphone como dispositivo de uso e o correio eletrônico e as redes sociais como principais serviços acessados pela Internet. O Facebook foi apontado como preferência de rede social e o Whatsapp foi o serviço de mensagem instantânea mais consumido. Estes dados, além de permitir a identificação das práticas informacionais dos estudantes, sugerem as ferramentas que podem ser empregadas no planejamento de atividades do curso.

Link: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/29711/20058

Biografia do Autor

Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos, Instituto Federal de Brasília

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Docente de Informática do Instituto Federal de Brasília, Campus Brasília, Brasil.

Ivette Kafure, Universidade de Brasília

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília - UnB. Professora na Faculdade de Ciência da Informação da UnB

Publicado
2020-01-30
Seção
Resumos de artigos científicos