Sistemas de automação de bibliotecas: um estudo investigativo-literário

Resumo

Investigação que apresenta sistemas de automação de bibliotecas de acordo com um levantamento de conceitos, paradigmas e exemplos de recursos de softwareUtiliza-se de uma metodologia ocorrida pela adoção da pesquisa bibliográfica e das abordagens de coleta de dados quanti-qualitativa, especificamente em periódicos de qualis A1, A2 e B1. Resulta em 13 expressões de busca sobre sistemas de automação de bibliotecas, sendo que apenas uma não foi contemplada pelo periódico de qualis B1; nove sistemas foram identificados, sendo cinco de paradigma proprietário e quatro de paradigma livre, fragmentando este último entre sistemas do tipo freeware e open source; e que os sistemas proprietários possuem como características o pagamento de licença de uso e ter o código fonte como privado etc.; enquanto que os sistemas freeware permitem o uso sem pagamento de licença, mas de código fonte também privado etc., ao passo que os sistemas open source podem, ou não, exigir o pagamento de licença, mas ofertam o código fonte de maneira editável etc. Concluiu-se que os sistemas de automação de bibliotecas podem ser apresentados entre proprietários e livres, variando entre o pagamento ou não de licença para uso e distribuição, a disponibilidade na edição do código fonte, a melhoria/atualização do sistema, a interoperabilidade entre sistemas que fazem parte da rede e o tributo donativo para a distribuição do sistema.

Palavras-chave: Sistemas de automação de bibliotecas. Software proprietário. Software livre. Freeware. Open source.

Link: https://seer.ufs.br/index.php/conci/article/view/11273

Biografia do Autor

Mariana Ambrósio Ribeiro, Universidade de Brasília

Aluna do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) (2018-2019), do curso de Biblioteconomia, da
Faculdade de Ciência da Informação (FCI) da Universidade de Brasília (UnB).

Márcio Bezerra Da Silva, Universidade Federal da Bahia e Universidade de Brasília

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (2018). Professor da
Faculdade de Ciência da Informação (FCI) da Universidade de Brasília (UnB).

Publicado
2020-03-29
Seção
Resumos de artigos científicos