As teias e as glórias: os arquivos do IHGSC e da ACL sob uma perspectiva prosopográfica

  • Karla Schutz

Resumo

O presente artigo volta-se para a documentação presente nas pastas pessoais armazenadas nos arquivos do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina e da Academia Catarinense de Letras no sentido de pensá-las como evidências tanto das redes de sociabilidade a ela subjacentes quanto de um processo de arquivamento que é também promotor da construção de determinadas representações acerca de seus titulares no tempo presente. Os documentos nestas pastas salvaguardados indicam, de certa forma, a existência de padrões de relações e atividades de alguns dos homens membros de ambas as instituições. Nesse sentido, entra em cena o método prosopográfico, indicando que os percursos individuais desses personagens quando pensados em conjunto, e em relação à reunião de indícios presentes nestas pastas pessoais, apontam para a tentativa de perpetuar uma memória positiva destes, seus feitos, suas inúmeras produções, seus diplomas, seus prêmios. A miríade documental encontrada nestes arquivos parece, ainda, criar uma narrativa quase ausente de conflitos e contradições e, desta forma, forja para esses personagens uma imagem idealizada e edificante, a qual tanto as instituições que abrigam estes indícios quanto aqueles que realizaram este arquivamento parecem desejar legar para a posteridade.

Palavras-chave: Arquivos. Academia Catarinense de Letras. Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. História do Tempo Presente. Prosopografia.

Link: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/794

Publicado
2020-03-27
Seção
Resumos de artigos científicos