Evolução histórica do Fator de Impacto (FI) na base Web of Science (WoS) dos periódicos do Brasil entre 2008 e 2018

  • Renata Seabra Domingues Associação Brasileira de Editores Científicos
  • Lucilene Delazari dos Santos Universidade Estadual Paulista
  • Juliana Siani Simionato Universidade Estadual Paulista
  • Rui Seabra Ferreira Junior Universidade Estadual Paulista
  • Claudia Vilalva Cassaro Universidade Estadual Paulista
  • Hélio Rubens de Carvalho Nunes Universidade Estadual Paulista
  • Milton Shintaku Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
  • Benedito Barraviera Universidade Estadual Paulista

Resumo

O Fator de Impacto, embora não seja unanimidade, é um dos indicadores de qualidade para as revistas indexadas na Web of Science. Este estudo objetivou apresentar a série histórica do Fator de Impacto das revistas brasileiras indexadas nesta base a partir de 1997. Nesse ano havia 11 periódicos indexados; em 2008, 31; e em 2018, 158. Atualmente 99 revistas tem Fator de Impacto maior que 0.5 (62.7%); 54 tem Fator de Impacto maior que 1.0 (34.2%); 10 tem Fator Impacto maior que 2.0 (6.3%); e duas tem Fator Impacto maior que 3.0 (1,3%). O evidente crescimento desta métrica se deve principalmente a quatro fatores: a crescente exigência do sistema Qualis da CAPES aos programas de Pós-graduação para que priorizem sempre revistas de elevado Fator de Impacto para publicação; o Programa Editorial do CNPq financiando as revistas há quase trinta anos; a consolidação da biblioteca SciELO exigindo padronização e qualidade; e a Associação Brasileira dos Editores Científicos (ABEC) qualificando desde 1985 os Editores brasileiros. Os resultados animadores inserem e globalizam definitivamente a ciência brasileira.

Palavras chave:  Comunicação científica. Fator de impacto. Periódicos científicos. Web of Science.

Link: https://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/9374/7254

Biografia do Autor

Lucilene Delazari dos Santos, Universidade Estadual Paulista

Doutora em Biologia Molecular

Juliana Siani Simionato, Universidade Estadual Paulista

Mestre em Teoria e Pesquisa em Comunicação

Rui Seabra Ferreira Junior, Universidade Estadual Paulista

Doutor em doenças tropicais

Claudia Vilalva Cassaro, Universidade Estadual Paulista

Mestre em Doenças Tropicais

Hélio Rubens de Carvalho Nunes, Universidade Estadual Paulista

Doutor em Saúde Coletiva

Milton Shintaku, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Doutor em Ciência da Informação


Benedito Barraviera, Universidade Estadual Paulista

Doutor em Medicina Interna


Publicado
2020-09-22
Seção
Resumos de artigos científicos