[1]
P. de O. Coutinho, “O SOCIAL HABITA NOS DETALHES: a escolha do nome próprio no âmbito de uma sociologia empírica dos afetos”, Rev. Pol & Trab, vol. 1, nº 50, p. 83-100, nov. 2019.