Mecanismos de inserção sociolaboral na Espanha

Autores

  • María Belén Cardona Rubert e Josep Vicent Saragossà

Palavras-chave:

Inserção social. Cidadania social. Pobreza e marginalização. Programas de formação.

Resumo

Este artigo trata dos mecanismos de inserção social do direito espanhol, em particular das Rendas Mínimas de Inserção (RMI), que se apresentam como alternativa à deterioração dos sistemas de proteção do Estado Social, tendo, portanto, um caráter defensivo. Descreve o funcionamento das medidas adotadas na Espanha, no que se refere à busca da cidadania social, considerando, igualmente, os mecanismos similares adotados no direito comunitário europeu.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

VICENT SARAGOSSÀ, M. B. C. R. e J. Mecanismos de inserção sociolaboral na Espanha. Prim Facie, [S. l.], v. 3, n. 5, p. 5–25, 2010. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/primafacie/article/view/4472. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos