APLICAÇÃO DO VOCAL PROFILE ANALYSIS SCHEME – VPAS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

  • Camila Macêdo Araújo de Medeiros Universidade Federal da Paraíba
  • Leir Alves de Souza Neta
  • Patrícia Gomes de Melo
  • Aline Menezes Guedes Dias de Araújo
  • Maria Fabiana Bonfim de Lima Silva

Resumo

RESUMO: A abordagem fonética de descrição da fala baseia-se na combinação de achados articulatórios, fisiológicos, acústicos e auditivos de mobilizações produzidas pelo aparelho fonador. Para este modelo a qualidade vocal não é um fato isolado da fala ou apenas resultado sonoro diante da vibração das pregas vocais, mas sim, a junção entre os aspectos laríngeos, de tensão muscular e ajustes do trato vocal supralaríngeo, moldando assim, a qualidade sonora final. Com base no modelo fonético e suas especificidades foi elaborado o roteiro denominado Vocal Profile Analyses Scheme – VPAS. No presente artigo faremos uma revisão de literatura com o propósito de identificar, analisar e sintetizar artigos científicos que utilizem o roteiro VPAS para análise da qualidade vocal. Diversas pesquisas pontuam as vantagens e as contribuições do uso do VPAS, por ser um roteiro de base analítica, por meio da adoção de uma unidade de análise: o ajuste. O roteiro mostra-se efetivo em diversas áreas como a análise da qualidade vocal, expressividade e fonética forense. Entretanto, os autores pontuam a necessidade de formação em Fonética e experiência dos juízes no uso do VPAS para que os achados sejam fidedignos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Macêdo Araújo de Medeiros, Universidade Federal da Paraíba

Fonoaudióloga pela Universidade Federal da Paraíba, mestranda em Linguística pelo PROLING.

Publicado
2020-05-06
Como Citar
Medeiros, C. M. A. de, Neta, L. A. de S., de Melo, P. G., de Araújo, A. M. G. D., & Lima Silva, M. F. B. de. (2020). APLICAÇÃO DO VOCAL PROFILE ANALYSIS SCHEME – VPAS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. PROLÍNGUA, 14(2), 263-276. https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-9979.2019v14n2.45828