NAS ONDAS DO MEME EM PROL DO MULTILETRAMENTO

  • Kátia Diolina Universidade São Francisco
  • Luzia Bueno Universidade São Francisco

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de discutir o multiletramento, conforme prescrito na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de maneira a problematizar, mas sobretudo, a estudar as possibilidades de análise e ensino de textos multissemióticos (os memes) que circulam na web. Trata-se de um trabalho em prol da construção de um modelo didático do gênero meme, a fim de dar instrumentos para professores e elaboradores de materiais didáticos para que possam realizar um bom trabalho de ensino, uma vez que entre a BNCC enquanto prescrição e a realização das atividades há uma boa distância. Para tanto, recorremos aos referenciais do Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART, 1999) em que atuam de forma decisiva na didática das línguas por meio do ensino dos gêneros textuais (DOLZ; SCHNEUWLY, 2004) e dos estudos de Wulf (2013), Lemke (2010); Santaella (2010); Rojo (2012; 2013); Rojo e Moura (2019) que se centram nos aspectos miméticos, multissemióticos da linguagem. Ressaltamos que com a multiplicidade de valores (LEMKE, 2010) e, em contrapartida, com o imediatismo na apreensão e construção dos sentidos (SANTAELLA, 2010), o processo de ensino e aprendizagem das línguas exige, cada vez mais, uma pedagogia dos multiletramentos (Novo Grupo de Londres, 1996), já que, conforme Kleiman e Morais (1999, p.92), as novas tecnologias não vieram “usurpar” a linguagem, mas sobretudo, multiplicá-la, como os memes. De autoria relativizada, o meme é um gênero que viraliza na rede, dialogando com diferentes temas e textos, (des)construindo múltiplos comportamentos, ideias e ideais, num embate de vozes verbais e não-verbais (estáticas ou não), o que o torna um profícuo recurso didático para o ensino mais crítico dos alunos e, ainda, permite a nós uma discussão sobre a importância das orientações, ainda que lacunares, da BNCC sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-06
Como Citar
Diolina, K., & BUENO, L. (2020). NAS ONDAS DO MEME EM PROL DO MULTILETRAMENTO. PROLÍNGUA, 14(2), 126-138. https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-9979.2019v14n2.48838