SÍNDROME DE DOWN: REAÇÃO DAS MÃES FRENTE À NOTÍCIA E A REPERCUSSÃO NA INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA DA CRIANÇA

  • João Antonio da SILVA FILHO Universidade Federal da Paraíba
  • Maria do Socorro Nunes GADELHA Universidade Federal da Paraíba
  • Sandra Maria Cordeiro Rocha de CARVALHO Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Introdução: A síndrome de Down (SD) é uma condição genética caracterizada pela existência de um cromossomo extra no par cromossômico 21. O nascimento de um bebê com SD representa, na maioria das vezes, um momento traumático para a família. Excluídos os riscos de uma cardiopatia grave, o bebê é indicado à intervenção precoce da fisioterapia. Objetivo: Identificar e mostrar os efeitos que a notícia pode desencadear nas mães do bebê com SD e como isso pode influenciar na demora pela busca do fisioterapeuta, pondo em risco o desenvolvimento neuropsicomotor (DNPM) desta criança. Material e métodos: Estudo de caráter qualitativo e observacional por meio de entrevistas com cinco mães de crianças com SD, usuárias do Serviço de Fisioterapia Infantil da Universidade Federal da Paraíba. Os critérios de inclusão foram ter tido e/ou ter filho(s) com o diagnóstico confirmado de SD. O fator de exclusão está na presença de neuropatias que potencializem os sinais e sintomas convencionais da SD. Resultados: Com relação à reação das mães frente à notícia, pôde-se verificar que todas sofreram um impacto primário ao saberem que o filho não era aquele desejado. As sensações vividas e relatadas por essas mães foram de tristeza, frustração, rejeição/desgraça, medo e choque. Conclusão: As mães entrevistadas experimentaram a perda do filho idealizado e vivenciaram o “luto”, no entanto, seus filhos foram encaminhados para a fisioterapia precocemente e receberam acompanhamento profissional para estimulação do quadro neuropsicomotor da criança, o que evidencia um comportamento de superação, saindo do luto à luta. DESCRITORES: Síndrome de Down. Impacto Primário. Fisioterapia.

Biografia do Autor

João Antonio da SILVA FILHO, Universidade Federal da Paraíba
Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Fisioterapia
Maria do Socorro Nunes GADELHA, Universidade Federal da Paraíba
Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Fisioterapia
Sandra Maria Cordeiro Rocha de CARVALHO, Universidade Federal da Paraíba
Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Fisioterapia
Publicado
2017-03-11
Como Citar
SILVA FILHO, J. A. da, GADELHA, M. do S. N., & CARVALHO, S. M. C. R. de. (2017). SÍNDROME DE DOWN: REAÇÃO DAS MÃES FRENTE À NOTÍCIA E A REPERCUSSÃO NA INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA DA CRIANÇA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 21(2), 157-164. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2017v21n2.24008
Seção
Pesquisa