1.
Prazeres RV. Relações entre a Concentração de Propriedade e o Conservadorismo Condicional nas Companhias Abertas Brasileiras: Uma Análise através do Modelo de Regressão Quantílica. Rev. Evid. Cont. & Fin. [Internet]. 30º de agosto de 2018 [citado 29º de setembro de 2020];6(3):21-6. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/recfin/article/view/36941