ASPECTOS DA ALIMENTAÇÃO DA RAIA DE ÁGUA DOCE POTAMOTRYGON ORBIGNYI (CHONDRICHTHYES: POTAMOTRYGONIDAE) DA BACIA DO RIO PARNAÍBA, NORDESTE DO BRASIL

  • Guilherme Moro
  • Patricia Charvet
  • Ricardo Rosa

Resumo

 O conteúdo estomacal de 23 exemplares de Potamotrygon orbignyi provenientes do rio Parnaíba, no município de Uruçuí-PI foi analisado. O Índice de Importância Relativa (IRI) e respectiva porcentagem (%IRI) foram calculados. O nível de repleção do estômago 1/4 cheio foi o mais frequente. A identificação dos itens alimentares indicou a presença de quatro famílias na dieta, exclusivamente composta por insetos. Diferenças na dieta entre machos e fêmeas foram observadas ao se comparar as %IRI, sendo larvas de Diptera (49,9%) e ninfas de Ephemeroptera (50,1%) os principais itens consumidos pelas fêmeas, e ninfas de Ephemeroptera (82,9%) pelos machos. Palavras-chave: Potamotrygon orbignyi, rio Parnaíba, alimentação 
Publicado
2012-01-18
Seção
Artigos