EFEITO COMBINADO DE TEMPERATURA E SALINIDADE NA SOBRE VIVÊNCIA DE <em>Sphaeroma walkeri</em> STEBBING, 1905 (CRUSTACEA - ISOPODA)

  • Marcos A. Scaico

Resumo

A tolerância de Sphaeroma walkeri ao efeito combinado de salinidade e temperatura foi analisada através de testes de laboratório. Foram empregadoas 13 salinidades, de 00 a 60° / 00 e 8 temperaturas, de 05 a 40°C, durante um período de 440 horas. A tolerância foi expressa através dos métodos de adequação de superfícies de resposta e contornos bidimensionais. Sphaeroma walkeri mostrou-se tolerante a amplos intervalos de salinidade e temperatura, sendo as melhores condições de sobrevivência caracterizadas pelos intervalos 25 a 40° /00 e 145 a 25°C. Na combinação 30° /00 - 20°C, a sobrevivência foi de 100%. Foi observada ainda uma interaçào entre os efeitos da salinidade e da temperatura, sendo que os intervalos correspondentes às maiores sobrevivências, para cada fator, variaram em função do outro.
Seção
Artigos