EFEITOS DA RADIAÇÃO GAMA EM <i>Mahanarva posticata<i/> (STAL., 1855) (HOMOPTERA, CERCOPIDAE) NAS CONDIÇÕES BIOECOLÓGICAS DO NORDESTE BRASILEIRO.

  • Zuleide A. Rodrigues
  • Amyrthes M. Rego
  • Maria Lindete de Oliveira
  • Cleide Mendonça
  • Dulcinéa Ferreira

Resumo

O experimento aqui apresentado, foi conduzido com o objetivo de determinar a dose de radiação gama esterelizante para Mahanarva posticata - Cigarrinha da cana de açúcar, nas nas condições bioecológicas do Nordeste Brasileiro. Para isso os insetos forma irradiados com 5 doses ou tratamentos, cada um com 5 repetições. Foram empregadas as doses: O (Testemunho) 10, 12, 14 e 16 Krad, utilizando-se o inseto no último estágio ninfal. Os resultados encontrados dão conta de que as posturas obtidas com acasalamentos dos insetos irradiados com outros normais, apresentaram 100% de ovos infertéis quando: a) Os machos emergidos de ninfas irradiadas haviam recebido a dose de 16 Krad; b) As fêmeas emergidas de ninfas irradiadas haviam recebido a dose de 14 Krad. pelas doses esterelizantes determinadas nota-se que as fêmeas da Cigarrinha são mais sensíveis às radiações.
Publicado
1978-06-01
Seção
Artigos