Perfil epidemiológico dos óbitos ocasionados pela septicemia, na Região Nordeste do Brasil, estado do Rio Grande do Norte – RN

Autores

  • Adriano Menino de Macedo Junior UNICEUNA - Centro Universitário Natalense https://orcid.org/0000-0001-6367-1088
  • Josimar Torres Gomes Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2236-1480.2020v28n1.53198

Resumo

Introdução: O presente artigo mapeia o perfil epidemiológico da sepse no estado do Rio Grande do Norte – RN, favorecendo informações as autoridade em saúde publica, para criação de novos métodos, no combate a sepse, bem como diagnostico precoce e tratamentos mais eficazes. Materiais e métodos: trata-se de um estudo epidemiológico, retrospectivo realizado com a plataforma do DATASUS, referente à Região Nordeste do Brasil – BR, no período de julho de 2019 a abril de 2020. Resultados: A faixa etária mais acometida por óbitos pela sepse é a de 70 a 79 anos de idade, percentuando um total de 22,69% (n= 133 casos), e na faixa etária maior que 80 anos, registrando 34,98% (n= 205 casos), a maior taxa de mortalidade ocorreu no sexo feminino, representando um percentual de 50,42% (n= 297 casos), enquanto que no gênero masculino o percentual foi de 49,31% (n= 289 casos), A sepse entra no capitulo I, Doenças infecciosas e parasitárias, 20,68% (n= 1.219 casos), número que corresponde a homens e mulheres, sendo que desse total de óbitos, 48,07% (n= 586), foi ocasionado pela sepse. Conclusão: A alta taxa de mortalidade ocasionada pela sepse é preocupante, daí a importância de melhorias na saúde brasileira.

Biografia do Autor

Adriano Menino de Macedo Junior, UNICEUNA - Centro Universitário Natalense

Farmacêutico – bioquímico.

UNICEUNA – Centro Universitário Natalense. Departamento Farmácia. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: adrianomenino2016@gmail.com; ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6367-1088; Lattes: http://lattes.cnpq.br/4134152465913204.

Josimar Torres Gomes, Universidade Federal da Paraíba

Doutorado em produção animal pelo Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia da UFPB - UFC – UFRPE. UFPB – Universidade Federal da Paraíba. Departamento de Zootecnia. Areia – Paraíba, Brasil. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5974891623513289

Downloads

Publicado

2021-03-25