POGONOPHORA (SIBOGLINIDAE) ARE NOT POLYCHAETES: A SYSTEMIC VIEW OF METAMERIAN ANIMALS

  • José Eriberto De Assis
  • Martin Lindsey Christoffersen

Resumo

Alguns trabalhos têm revisado a história dos pogonóforos com paradigma cladísticos, e concluem que eles não mais representam deuterostômios, mas constituem uma simples família de poliquetas, os Siboglinidae. Entretanto, alguns autores estranhamente omitiram capítulos recentes em sua revisão histórica. Primeiro, eles ignoram opiniões contrárias que indicam que Annelida e Polychaeta não são monofiléticos. Sob uma abordagem sistêmica, tanto Annelida como Polychaeta devem ser referidos a um clado mais abrangente, os Metameria. Nesta perspectiva, faz pouco sentido considerar Siboglinidae  como pertencente ao não existente táxon “Polychaeta”. Segundo, nós reforçamos que há fortes evidências, não citadas por autores recentes, que pogonóforos representam um clado transacional entre vermes metaméricos esquizocélicos (Oweniidae em particular), e radiálios oligoméricos enterocélicos. Os principais caracteres discutidos aqui, que estabelecem relacionamentos entre poliquetas, pogonóforos e deuterostômios são: 1) sistema nervoso; 2) padrão de clivagem e celoma; 3) tagmose e redução de segmentos; 4) desenvolvimento assimétrico; 5) larva modificada. A história não pode ser feita ignorando evidências contrárias. Por isso, adicionamos mais um próximo capítulo sobre a história dos pogonóforos (ou Siboglinidae), baseado em uma sistemática filogenética sustentadas pelos princípios de Hennig.      
Publicado
2011-02-03
Seção
Artigos