Gestão do conhecimento e recursos humanos em bibliotecas universitárias brasileiras e portuguesas.

Autores

  • Euro Marques Junior
  • João Pedro Albino

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2011v6n2.13110

Resumo

A Gestão do Conhecimento (GC) representa uma nova visão da gestão das organizações, uma vez que a informação e o conhecimento são os principais fatores de competitividade, hoje, de indivíduos, organizações e nações. A Universidade tem um papel fundamental, juntamente com o governo e a indústria na geração de inovações tecnológicas que podem alavancar o progresso da sociedade, tendo a Biblioteca Universitária (BU) como uma disseminadora de informações científicas importantes. Os principais desafios das organizações envolvidas na GC estão concentrados na gestão de mudanças culturais e comportamentais de seus recursos humanos e na criação de um ambiente propício para criar, usar e compartilhar informações e conhecimento. Dentro deste contexto surge uma pergunta: Como as Bibliotecas Universitárias no Brasil e em Portugal empregam a Gestão do Conhecimento a fim de melhorar a qualidade de seus serviços e a produtividade de suas instituições? Para respondê-la desenvolveu-se uma pesquisa descritivo-analítica, utilizando o método de estudo comparativo, analisando 69 organizações. De acordo com os resultados da pesquisa, as questões ligadas à gestão de pessoas foram pior avaliadas em relação a outros aspectos da GC, mostrando uma fraca disseminação destas práticas nas BUs do Brasil e de Portugal e a grande necessidade de iniciativas que ajudem a desenvolvê-las. Palavras-chave: Gestão do conhecimento. Recursos humanos. Gestão de Pessoas. Biblioteca Universitária. Link para o texto completo (PDF) http://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/183/198

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2012-08-09

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos