Monitoramento da informação e inteligência competitiva: realidade organizacional

Autores

  • Wanda Aparecida machado Hoffmann UFCAR

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2012v7n1.14928

Resumo

Este estudo envolve a compreensão do monitoramento da informação (MI) e da inteligência competitiva (IC), mas, principalmente, buscando refletir em como superar os múltiplos desafios organizacionais, voltado para a informação e o conhecimento. A gestão da informação e do conhecimento, bem como, a IC constituem uma nova abordagem para o planejamento e a administração estratégica das organizações, fortalecendo o seu processo de tomada de decisão. A interdependência resultante da globalização e o surgimento do que se convencionou chamar “sociedade do conhecimento”, e também a aceleração decorrente das tecnologias da informação e comunicação (TIC) impactaram e tiveram conseqüências sobre as organizações, ocasionando mudanças nos métodos de trabalho, produção, pesquisa e de utilização dos dados e informações. Assim, com o advento das novas relações econômicas, tanto nacionais quanto internacionais, e de um novo paradigma tecnológico, baseado, por exemplo, na produção flexível, as organizações se depararam com uma competição acirrada e um volume de dados e informações gigantescos. Esse processo está gerando, de um lado, uma crescente imprevisibilidade dos mercados e de outro, o encurtamento do ciclo de vida das tecnologias de produtos e processos. As organizações precisam reconstruir diariamente sua capacidade competitiva, para fazer frente aos riscos de entrada de novos concorrentes, às mudanças nos padrões de consumo, ao surgimento de novas tecnologias de produto e processo, etc. Nesse contexto de competição acirrada e o bombardeio constante de informações, devido ao processo de democratização da comunicação e do aumento do número de canais de mídia disponíveis, o MI e a IC surgem como uma das possíveis maneiras de conduzir e planejar movimentos para traçar cenários no ambiente organizacional. Muitas vezes, as organizações são pródigas em acumular informações, mas não sabem o que fazer com elas. Mas, as decisões devem ser tomadas para manter a empresa alinhada aos seus objetivos pretendidos, com base nas informações adequadas de interesse do seu negócio, induzindo a se buscar posturas organizacionais proativas, com posicionamentos da organização fortalecidos sobre seu ambiente informacional e organizacional, buscando um acerto diante das diversas alternativas desses ambientes. Palavras-chave: Monitoramento da informação. Inteligência competitiva. Ambiente organizacional. Link para o texto completo (PDF) http://revistas.ffclrp.usp.br/incid/article/view/84/pdf

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wanda Aparecida machado Hoffmann, UFCAR

Pós-Doutorado em Prospecção de Informação Tecnológica pela Universidade Federal de São Carlos, UFSCar. Docente do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCar.

Publicado

2013-01-03

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos