Uso de digital rights management como proteção a conteúdos digitais: Uma discussão

Autores

  • Adriane Ianzen Machado Universidade Federal do Paraná.
  • Egon Walter Wildauer Universidade Federal do Paraná.
  • José Simão de Paula Pinto

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2013v8n2.18680

Resumo

Este artigo é o resultado de um estudo exploratório que apresenta uma discussão acerca do uso de sistemas de gerenciamento de direitos autorais em arquivos digitais, focando sua aplicação em livros eletrônicos, os e-books. Apresenta-se o cenário dos e-books, sua conceituação, formatos atuais, a base legal autoral e o direito digital, citando a lei brasileira e a lei do copyright, para então adentrar na tecnologia que provê o desenvolvimento dos sistemas de gerenciamento de direitos digitais, conhecido como DRM, Digital Rights Management. Alguns tipos de Digital Rights Management são apresentados, bem como sua arquitetura básica e componentes mínimos necessárias expostos. Conclui-se apresentando as limitações quanto ao direito de uso dos conteúdos bem como a consideração de que há a necessidade de uma postura proativa dos agentes envolvidos, para uma real evolução do setor, como a existência de maior liberdade de uso e de propriedade dos arquivos digitais por parte dos chamados usuários/leitores. Palavras-chave: Direito autoral. Direito digital. Digital rights management. E-books. Epub. Livro eletrônico. Link para o texto completo (HTM) http://dgz.org.br/fev13/Art_07.htm

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriane Ianzen Machado, Universidade Federal do Paraná.

Mestrada em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação, Universidade Federal do Paraná.

Egon Walter Wildauer, Universidade Federal do Paraná.

Doutor em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Publicado

2014-03-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos