A(s) disciplinaridade(s) da Ciência da Informação: aplicação das leis da dialética Marxista no contexto pluri, inter e transdisciplinar

Autores

  • Jonathas Luiz Carvalho Silva Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n1.19490

Resumo

Discute sobre a construção disciplinar do conhecimento na Ciência da Informação a partir da aplicação das leis da dialética marxista. Apresenta como síntese problematizadora a seguinte pergunta: como é possível aplicar as leis/categorias da dialética marxista à Ciência da Informação? Tem como objetivo uma reflexão sobre a dialética marxista (materialista) e as formas de aplicação das leis da dialética à Ciência da Informação. A metodologia do presente estudo consiste de uma pesquisa de nível exploratório com delineamento bibliográfico. Concluímos que há possibilidades diversas de aplicação das leis da dialética marxista à Ciência da Informação, especialmente no que toca a lei da mudança qualitativa, a lei da ação recíproca e a lei da luta dos contrários. Porém, essas aplicações se estabelecem não como uma verdade, mas como pressupostos para compreender os significados do caráter disciplinar da Ciência da Informação no âmbito de suas transformações epistemológicas. Palavras-chave: Ciência da Informação. Dialética – Leis – Categorias. Pluridisciplinaridade. Interdisciplinaridade. Transdisciplinaridade. Link para o texto completo (PDF) http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/3863/pdf

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonathas Luiz Carvalho Silva, Universidade Federal do Ceará

Professor do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Ceará - Campus Cariri. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Publicado

2014-06-20

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos