A folksonomia como modelo emergente da Representação e Organização da Informação

Autores

  • Glessa Heryka Celestino de Santana Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n1.19550

Resumo

Contextualiza a nova modalidade de representação da informação denominada folksonomia, a qual é utilizada na web, ambiente marcadamente caracterizado pela flexibilidade e dinamismo. Apresenta as Linguagens Documentárias (LD) como instrumentos convencionais para a representação da informação e faz uma comparação entre esse modelo tradicional, operado por especialistas por meio de linguagem controlada, e a folksonomia, a partir da qual usuários comuns atribuem livremente etiquetas em linguagem natural. Considera o uso da livre etiquetagem em face da hiper-segmentação do conhecimento no ambiente virtual. Palavras-chave: Linguagens de indexação. Representação da Informação. Link para o texto completo (PDF) http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/580/pdf_39

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glessa Heryka Celestino de Santana, Universidade Federal de Pernambuco

Programa de pós-graduação em Ciência da Informação da UFPE.

Publicado

2014-06-24

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos