Objetos digitais: em busca da precisão conceitual

Autores

  • Eloi Juniti Yamaoka Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernando Alvaro Ostuni Gauthier Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n1.19644

Resumo

Introdução: A preservação digital tem como objetivo garantir o acesso permanente à informação digital. É um campo de conhecimento ainda em construção, com a consequente falta de precisão terminológica, conceitual e carente de uma teoria consolidada. Igualmente, o elemento central do estudo – o objeto digital – tem a necessidade de ser melhor compreendido. Objetivo: Investigar e apresentar uma conceituação de objeto digital, com o propósito de aprofundar o conhecimento acerca das suas características, pretendendo com isso contribuir no desenvolvimento de projetos de preservação digital. Metodologia: Análise e sistematização de conceitos de objeto digital com o uso de representações esquemáticas de relações significativas conhecidas como mapas conceituais, desenvolvidas por Joseph Novak, com o apoio do software CmapTools. Resultados: Frequentemente o termo “objeto digital” é usado de forma intercambiada com termos como: artefato digital, documento digital, recurso digital, material digital e arquivo de computador. Porém o conceito de objeto digital pode ser simples ou complexo dependendo das diferentes abordagens e escopo. Conclusões: O estudo permitiu melhor compreensão do conceito de objeto digital e embora os modelos analisados apresentem diferenças de granularidade e objetivo, percebeu-se que com algum esforço é possível a sua integração conceitual. Palavras-chave: Objeto digital. Preservação digital. Mapas conceituais. Link para o texto completo (PDF) http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/16162/13077

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eloi Juniti Yamaoka, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Analista do Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO).

Fernando Alvaro Ostuni Gauthier, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor Doutor do Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Publicado

2014-06-28

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos