Análise de Conteúdo: considerações gerais, relações com a pergunta de pesquisa, possibilidades e limitações do método

Autores

  • Ricardo Bezerra Cavalcante Universidade Federal de São João Del Rei.
  • Pedro Calixto Alves de Lima Universidade do Estado de Minas Gerais.
  • Marta Macedo Kerr Pinheiro Universidade Federal de Minas Gerais.

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22277

Resumo

Existem diferentes técnicas de organização e análise dos dados na pesquisa qualitativa, sendo a Análise de Conteúdo uma destas possibilidades nas ciências sociais aplicadas. A análise de conteúdo se constitui de varias técnicas onde busca-se descrever o conteúdo emitido no processo de comunicação, seja ele por meio de falas ou de textos. Desta forma, a Análise de Conteúdo é composta por procedimentos sistemáticos que proporcionam o levantamento de indicadores (quantitativos ou não) permitindo a realização de inferência de conhecimentos. Neste artigo se tem proposto realizar uma revisão da literatura focando as características do método, suas relações com a pergunta de pesquisa, limitações e as possibilidades de aplicação. Para tanto, procedeu-se à leitura sistemática, bem como às infindáveis reflexões diante das diversas pesquisas realizadas a partir da utilização da Análise de Conteúdo enquanto método de investigação.

Palavras-chave: Pesquisa qualitativa. Análise de Conteúdo. Metodologia.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/10000/10871

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Bezerra Cavalcante, Universidade Federal de São João Del Rei.

Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil. Professor Adjunto da Universidade Federal de São João Del Rei.

Pedro Calixto Alves de Lima, Universidade do Estado de Minas Gerais.

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil. Professor da Universidade do Estado de Minas Gerais.

Marta Macedo Kerr Pinheiro, Universidade Federal de Minas Gerais.

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais.

Publicado

2014-12-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos