A pesquisa sobre o fazer pesquisa: uma análise de citação da literatura periódica em Ciência da Informação

Autores

  • Juliana Lazzarotto Freitas Unesp.
  • Leilah Santiago Bufrem UFPR.
  • Ely Francina Tannuri de Oliveira Unesp/Marília.
  • Maria Cláudia Cabrini Grácio Unesp/Marília.

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22293

Resumo

Introdução: Considera que a literatura na área de Ciência da Informação (CI) compreende uma diversidade temática com baixo destaque para assuntos relacionados aos modos de fazer pesquisa. Analisa a produção científica dos autores que tratam da temática metodologia de pesquisa na literatura de Ciência da Informação (CI) e o referencial no qual se fundamentam as questões metodológicas relativas à área. Discute as posições metodológicas e epistemológicas dos pesquisadores destacados como mais produtivos nacionalmente na temática. Metodologia: Adota a modalidade de análise de conteúdo aliada aos estudos métricos para contextualizar os indicadores gerados referentes à produção, à colaboração relacionada aos tipos de autoria e à análise de citação. Considera o acoplamento bibliográfico como uma modalidade de análise em que são estudadas as citações concomitantes. Desenvolve referencial teórico sobre a importância da análise de produção científica nos domínios do conhecimento. Explora concepções teóricas sobre metodologia de pesquisa e a complementaridade desta com a epistemologia no fazer pesquisa. Resultados: Evidencia, na produção dos autores, a metodologia como foco temático aplicado a contextos da CI e também como objeto de pesquisa da referida área. Considera que a produtividade proeminente dos autores justifica-se especialmente pelo aprofundamento nos metaestudos sobre modos de fazer pesquisa em CI. Identifica a tendência aos estudos de autoria única sobre o tema. Conclusão: Considera que a realização de metaestudos e também de estudos aplicados e metodológicos é importante para que se reconheça, na área de CI, um núcleo teórico e prático consistente. Em relação às influências epistemológicas identificadas com a análise de acoplamento, observa que a epistemologia racionalista crítica e a epistemologia social e política são destacadas na construção do referencial teórico dos autores.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Análise da produção científica. Análise de citação. Acoplamento bibliográfico. Metodologia da pesquisa.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://www.atoz.ufpr.br/index.php/atoz/article/view/64/187

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Lazzarotto Freitas, Unesp.

Bacharel em Gestão da Informação - UFPR, Especialista em Gestão de Negócios - UFPR, Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação - UFPR, Doutoranda em Ciência da Informação - Unesp, Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Fapesp.

Leilah Santiago Bufrem, UFPR.

Graduada e licenciada em Filosofia – PUCPR, Graduada em Biblioteconomia e Documentação – UFPR, Mestre em Educação – UFPR, Doutora em Ciências da Comunicação – USP. Professora Visitante Sênior no Programa de Pós- Graduação em Ciência da Informação – UFPE, Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação – Unesp, Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação – UFPR.

Ely Francina Tannuri de Oliveira, Unesp/Marília.

Graduada em Pedagogia – Unesp, Graduada em Matemática – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Osvaldo Cruz, Mestre e Doutora em Educação – Unesp, Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação – Unesp/Marília, Livre-Docente do Departamento de Ciência da Informação – Unesp/Marília.

Maria Cláudia Cabrini Grácio, Unesp/Marília.

Bacharel em Estatística - Unicamp, Mestre em Estatística - Unicamp, Doutora em Filosofia - Unicamp, Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - Unesp/Marília.

Publicado

2014-12-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos