Conhecimento organizacional: produto ou processo:

Autores

  • Patrícia de Sá Freire
  • Fernando José Spanhol

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22297

Resumo

Este estudo objetiva compreender como uma empresa pode mapear e identificar com mais precisão e agilidade o conhecimento, visto que este é construído na mente humana, bem como gerenciá-lo de maneira a diminuir os riscos do processo de transferência do conhecimento e integração entre pessoas, entre sistemas ou entre pessoas e sistemas. Para tal, foi levantado o estado da arte sobre o termo conhecimento, entendendo seus processos com base para uma pesquisa qualitativa, mediante revisão sistemática da literatura com amplo levantamento bibliográfico e documental. Os resultados alcançados apresentam a origem e evolução dos significados do termo, descrevem o seu processo de construção na mente humana; a epistemologia disciplinar; alcança o posicionamento do conhecimento enquanto ativo organizacional e, finalmente, entende o novo conceito conhecimento como um dos elementos intangíveis do capital intelectual, descortinando o caminho para atender ao objetivo deste estudo.

Palavras-chave: Conhecimento Organizacional. Organizações Intensivas em Conhecimento. Ativos Intangíveis. Capital Intelectual.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/15963/10824

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2014-12-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos