Saber Poder: os agenciamentos da Ciência da Informação com a Biblioteconomia e Arquivologia no Brasil

Autores

  • Eduardo Ismael Murguia Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22334

Resumo

O presente artigo é uma reflexão inicial sobre as relações entre a ciência da informação com a biblioteconomia e a arquivologia. Ele parte do princípio de que diversas disciplinas precisam encontrar sua validação social respaldadas na Ciência. Enquanto “saber poder” a ciência da informação ofereceria a fundamentação teórica que serviria para a inserção dessas disciplinas no âmbito científico e acadêmico. No entanto, as relações de poder entre as ciências não são constituídas de forma unidirecional, pelo contrário, existe um embate entre os saberes fundamentados em tradições e práticas diversas. Ao ressaltarmos os aspectos institucionais da ciência da informação no Brasil, percebemos que sua aproximação com a biblioteconomia e a arquivologia foi articulada desde sua exterioridade. No entanto, aponta-se a possibilidade de uma aproximação em torno de tópicos de interesse comum entre essas áreas.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Biblioteconomia. Arquivologia.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/64335/pdf_21

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Ismael Murguia, Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro

Pós-Doutorado pelo Instituto Brasileiro de Informações em Ciência e Tecnologia – IBICT, Brasil.Professor do Departamento de Ciência da Informação e do PPGCI da Universidade Federal Fluminense – UFF edo PPGB da Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro – UNIRIO

Publicado

2014-12-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos