Educação a distância e sua presença nos periódicos científicos da Psicologia

Autores

  • Fabio Scorsolini-Comin Universidade Federal do Triângulo Mineiro (IELACHS-UFTM)

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22402

Resumo

Este estudo teve por objetivo investigar a presença da educação a distância (EAD) nos periódicos científicos brasileiros da área da Psicologia. Foram selecionados artigos presentes nesses periódicos até o ano de 2012. Foram recuperados e analisados na íntegra 21 artigos, a maior parte publicada entre 2009 e 2012. Predominaram investigações da Universidade de Brasília e Universidade de São Paulo. Os periódicos que mais divulgaram pesquisas em EAD foram: Psicologia em Estudo (Maringá), Revista Brasileira de Orientação Profissional, PsicoUSF e Psicologia: Teoria e Pesquisa. Predominam estudos sobre construção e validação de instrumentos de medida, discussões teóricas e relatos sobre formação profissional. Destaca-se a necessidade de que os periódicos da Psicologia abram cada vez mais espaço para a veiculação de estudos desenvolvidos no contexto da EAD.

Palavras-chave: Educação a distância. Tecnologia educacional. Pesquisa bibliográfica.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/3894

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Scorsolini-Comin, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (IELACHS-UFTM)

Mestre e Doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP).

Publicado

2014-12-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos