Monitoramento de informação em mídias sociais: o e-Monitor Dengue

Autores

  • Michele Nacif Antunes Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica - ICICT/Fiocruz
  • Cicera Henrique da Silva Fundação Oswaldo Cruz
  • Maria Cristina Soares Guimarães Fundação Oswaldo Cruz
  • Marcelo Henrique Leoni Rabaço Fundação Oswaldo Cruz

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22490

Resumo

Este artigo apresenta os resultados preliminares da pesquisa “Monitoramento de informação sobre doenças negligenciadas: oe-Monitor Dengue”. O e-Monitor Dengue é um sistema de monitoramento de informação na Internet feito por meio de um mecanismorobô, software ou agente inteligente que vasculha os sites sobre dengue disponíveis na Internet. Resultados de pesquisasanteriores indicaram novas perspectivas para o monitoramento, principalmente, por meio das mídias sociais. Dentre as mídiassociais, considera-se que o Twitter pode desempenhar um papel na gestão da informação ao permitir identificar usuários quepodem atuar como filtro de informação, sendo possível acessar diretamente a informação mais relevante para uma determinadaárea de interesse. Assim, a partir do monitoramento do Twitter, a primeira pergunta a ser respondida no âmbito da pesquisa emandamento foi “Quem fala sobre dengue?”. Inicialmente, foi possível identificar a relação dos atores/perfis localizados na cidade doRio de Janeiro e Niterói com maior ocorrência do termo “dengue” em suas mensagens. Os perfis foram cadastrados no sistema demonitoramento e são monitorados constantemente. Outra pergunta a ser respondida foi “Quando se fala de dengue?”. Observa-seque o número de twetts acompanha o crescimento do número de casos de dengue. São indícios de que há uma relação entre osrumores sobre dengue e o aumento de número de casos notificados. Evidencia-se, desta forma, que realizar o monitoramento nasmídias sociais durante o período de epidemia e fazer sua relação com a situação epidemiológica da dengue pode ser uma estratégiaimportante para as autoridades em vigilância epidemiológica.

Palavras-chave: Dengue. Mídias sociais. Monitoramento de informação. Redes sociais. Vigilância em saúde.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/2234/1806

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michele Nacif Antunes, Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica - ICICT/Fiocruz

Mestre em Epidemiologia em Saúde Pública.

Cicera Henrique da Silva, Fundação Oswaldo Cruz

Doutora em Ciências da Informação e da Comunicação pela Université d'Aix-Marseille III.

Maria Cristina Soares Guimarães, Fundação Oswaldo Cruz

Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, convênio Instituto Brasileiro de Informação Científica e Tecnológica (1998). Pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz, professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde do Icict (PPGICS/Icict).

Marcelo Henrique Leoni Rabaço, Fundação Oswaldo Cruz

Especialização em Informação Científica Tecnológica em Saúde pelo Fundação Oswaldo Cruz(2005)

Publicado

2014-12-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos