Competências gerenciais dos gestores de bibliotecas universitárias de instituições de ensino público em Manaus

Autores

  • Marlete Nascimento Irmão Universidade Federal do Amazonas.
  • Célia Regina Simonetti Barbalho Universidade Federal do Amazonas.

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2015v10n1.23208

Resumo

Investiga as competências gerenciais dos bibliotecários gestores que atuam em bibliotecas universitárias de instituições de ensino público. Objetivou medir as competências gerenciais que os bibliotecários gestores possuem, seguindo a escala de Likert de grau menor a maior. O instrumento utilizado para a coleta dos dados foi um questionário, com dezessete variáveis relacionadas as dimensões da competência: conhecimento, habilidade e atitude a serem reconhecidas pelos gestores a partir do emprego da escala de Likert. A pesquisa, descritiva e exploratória, com natureza quali-quantitativa mostrou que as competências que os gestores de bibliotecas universitárias das instituições públicas possuem são constituídas em graus dois, três e quatro, sendo que o tipo mais assinalado foi à atitude. As competências gerenciais apresentadas pela pesquisa mostram que os bibliotecários gestores das bibliotecas universitárias pesquisadas, não reconheceram possuir nenhum tipo em grau mínimo, retratando que os mesmos acreditam ser profissionais aptos a ocupar o cargo de gerente, mesmo com as deficiências identificadas.

 

Palavras-chave: Bibliotecário Gestor. Biblioteca Universitária de Instituição Pública Competências Gerenciais.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/16901

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlete Nascimento Irmão, Universidade Federal do Amazonas.

Doutora em Comunicação e Semiótica.

Célia Regina Simonetti Barbalho, Universidade Federal do Amazonas.

Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Publicado

2015-03-12

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos