Movimento de Acesso Aberto no Brasil: contribuição do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia a partir da implementação do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas

Autores

  • Pablo Matias Bandeira UFPB
  • Isa Maria Freire UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2017v12n1.33788

Resumo

Analisa os resultados da implementação do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), customização do Open Journal System pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), enquanto dispositivo de uma política de acesso livre à informação científica, no Brasil entre 2003 (ano de sua criação) e 2015. Propõe-se tecer um contexto a partir do conceito de “acesso aberto”, reunindo os fios conceituais da "comunicação científica", entrelaçado ao da "editoração científica", que por sua vez está entremeado à "disseminação da informação científica e tecnológica", para a qual se propõe uma política de acesso mediante adoção de tecnologia colaborativa e livre. A motivação da pesquisa se deve, antes de tudo, pela importância do periódico científico para a ciência, sendo uma ferramenta indispensável e um canal imprescindível para a comunicação da ciência, uma vez que confere ao pesquisador prestígio, status, visibilidade, legitimando e garantindo credibilidade à pesquisa (MEADOWS, 1999; MÜELLER, 1999). Em segundo lugar, por que o SEER/OJS contempla os requisitos de acessibilidade e usabilidade de acesso pleno.

Palavras-chave: Comunicação Científica. Periódicos científicos. Movimento de Acesso Aberto. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT. Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - SEER. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Matias Bandeira, UFPB

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Editor Adjunto da revista Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, Brasil.

Isa Maria Freire, UFPB

Doutora em Ciência da Informação pelo convênio Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e Universidade Federal do Rio de Janeiro, docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Editora da revista Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, Brasil.

Downloads

Publicado

2017-04-16

Edição

Seção

Pesquisas em andamento