Uma breve história da automação de bibliotecas universitárias no Brasil e algumas perspectivas futuras

Autores

  • Michelângelo Mazzardo Marques Viana Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2017v12n1.34181

Resumo

A automação das bibliotecas universitárias no Brasil passou por uma reserva de mercado de computadores e de softwares, que ocorreu no país entre 1980 e 1990, a qual restringiu a adoção inicial de sistemas de automação. No entanto, foi muitas vezes desenvolvida de formas criativas: sistemas e aplicativos foram criados e usados em diversas universidades, alguns como software livre, outros baseados na plataforma ISIS da UNESCO, além da adoção de modernos sistemas estrangeiros, que aconteceu apenas nos anos 1990. A primeira parte do artigo resume a história do desenvolvimento da automação de bibliotecas universitárias do país, desde o momento em que os pesquisadores brasileiros começam a disseminar a informática, criando a cultura da automação em instituições de ensino superior. Muitas pessoas e instituições também contribuíram para promover e implantar a automação em bibliotecas universitárias. A segunda parte do artigo trata de perspectivas futuras em automação de bibliotecas acadêmicas no Brasil com ferramentas de descoberta, sistemas de próxima geração baseados em nuvem e equipamentos de automação de bibliotecas. Apresenta também alguns desenvolvimentos futuros possíveis.

Palavras-chave: Bibliotecas acadêmicas. informatização. História da automação de bibliotecas.

Link: http://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/15688

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-05-29

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos