O estágio de desenvolvimento da gestão do conhecimento nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia

Autores

  • José Nivaldo Balbino Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná
  • Helena de Fátima Nunes Universidade Federal do Paraná
  • Fernanda Cristina Barbosa Pereira Queiroz Universidade Federal do Rio Grande Norte

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2017v12n1.34522

Resumo

O presente artigo apresenta uma categorização conceitual da Gestão do Conhecimento e adota o Modelo de Maturidade de Gestão do Conhecimento para a Administração Pública, desenvolvido por Fábio Ferreira Batista, com a finalidade de analisar o estágio de desenvolvimento da gestão do conhecimento no âmbito dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). Trata-se de uma pesquisa quantitativa e qualitativa, exploratória e descritiva, cuja coleta de dados pauta-se em um questionário adaptado, utilizado com o fim de mensurar o desenvolvimento do estágio de maturidade da gestão do conhecimento nestas Instituições de Ensino. Os resultados obtidos apontam o nível atual de desenvolvimento de cada uma das áreas da gestão do conhecimento em relação às instituições que apresentaram suas devolutivas. Os dados coletados permitiram individualizar a intensidade das iniciativas da gestão do conhecimento perpetradas internamente pelos IFs. Conclui que o ambiente organizacional estudado encontra-se no nível inicial de maturidade, ou seja, a adoção de práticas voltadas à implementação da gestão do conhecimento nestas Instituições de Ensino atua de forma embrionária. Observou-se, ainda, que as instituições de ensino mais bem niveladas de acordo com o critério adotado possuem suas atenções voltadas aos critérios de tecnologia e aprendizagem e inovação.

Palavras-chave: Gestão do Conhecimento. Modelo de Maturidade. Administração Pública.

Link: http://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/26500/16522

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Nivaldo Balbino, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná

Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia Informação pela Universidade Federal do Paraná, Brasil. Administrador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná, Brasil.

Helena de Fátima Nunes, Universidade Federal do Paraná

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora da Universidade Federal do Paraná, Brasil.

Fernanda Cristina Barbosa Pereira Queiroz, Universidade Federal do Rio Grande Norte

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora da Universidade Federal do Rio Grande Norte, Brasil.

Publicado

2017-06-21

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos