A web 2.0 na informatização de bibliotecas: um estudo propositivo

Autores

  • Márcio Bezerra Da Silva Universidade de Brasília (UnB), Brasil.
  • Fernanda Maciel Rufino Universidade de Brasília (UNB), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2017v12n1.34641

Resumo

Investigação que estuda a aplicação de recursos da Web 2.0 na informatização de bibliotecas, com enfoque nos sistemas de automação de biblioteca (SAB). Apresenta um referencial teórico formalizado por dois objetos de investigação da tecnologia da informação (TI): Web 2.0 e exemplos de recursos, e SAB e seus paradigmas (livre e proprietário). Objetiva-se, de forma geral, analisar o uso de recursos da Web 2.0 nos SAB. Adota como percurso metodológico as técnicas de pesquisa exploratória e bibliográfica, e como campo de estudo o SAB proprietário Pergamum, utilizado na Biblioteca Central da Universidade de Brasília (BCE/UnB). Apresenta como resultados da pesquisa a flexibilidade e a colaboração social como as caraterísticas da Web 2.0 que mais se deflagraram nas proposições de ferramentas a serem implementadas, sendo estas a nuvem de tags, Youtube, Facebook, Twitter, Skoob, Really Simple Syndication (RSS), além de um espaço específico para avaliação, compartilhamento e recomendação de materiais. Conclui-se que o bibliotecário precisa estar atento ao uso de inovações das TI nos produtos e serviços oferecidos em suas bibliotecas, especialmente no ambiente digital como os e-commerces e na iniciativa da Biblioteca da Universidade de Caxias do Sul (UCS) em disponibilizar o seu catálogo, também da rede Pergamum, no Facebook.

Palavras-chave: Tecnologia da Informação. Informatização de Biblioteca. Sistema de Automação de Biblioteca. Web 2.0. Rede Pergamum.

Link: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/14447

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-06-21

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos