Contribuições habermasianas para uma ética intercultural da informação: aproximações

Autores

  • Jorge Atilio Silva Iulianelli UNESA

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2017v12n1.34718

Resumo

Este artigo é uma reflexão sobre contribuições habermasianas à ética da informação. A questão da ética da informação continua a ser problemática. Ela deve ser coordenada desde que paradigma de relações interculturais? O caráter eurocêntrico das ciências da informação tem sido problematizado, sobretudo em relação aos regimes de verdade que se produzem na ciência e na tecnologia. O que significa a produção de conhecimento e a troca de saberes de caráter emacipatório para a ciência da informação? Embora essa questão não tenha sido abordada diretamente por Habermas, há elementos de sua investigação que podem trazer contribuições relevantes. Em diálogo como González de Gómez, Albagli, Capurro e Floridi oferecemos alguns elementos da reflexão habermasiana ao tema. Os conceitos de aprendizagem comunicativa e liberdade comunicativa podem ter amplo interesse para uma ética intercultural da informação.

Palavras-chave: Ética intercultural da informação. Ética do discurso. Habermas.

Link: http://revista.ibict.br/fiinf/article/view/3006/2756

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Atilio Silva Iulianelli, UNESA

PPG Educação/UNESA. Doutor em Filosofia pelo IFCS/UFRJ. Coordenador da Linha de Pesquisa Política, Gestão e Formação de Educadores. Editor do Blog Observatório Fluminense do PNE.

Publicado

2017-06-21

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos