Ambiente Museológico: questões de integração departamental

  • Giovana Deliberali Maimone Universidade de São Paulo Escola de Comunicações e Artes Departamento de Informação e Cultura Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação http://orcid.org/0000-0002-4150-8084

Resumo

Arquivo, Museu e Biblioteca são conceituados e contextualizados a partir de seus acervos para adentrar-se às questões de integração, de trabalho conjunto dos profissionais e de interoperabilidade dos sistemas informacionais, respeitando-se, porém, as especificidades de cada local.  A possibilidade de integração beneficia os profissionais dos três departamentos que trabalham com informações, pela possibilidade de permuta informacional assim como os usuários que encontram os materiais tratados de modo mais completo. O notório avanço em eventos científicos (congressos, simpósios, etc.) que congregam as três áreas, ou pelo menos duas delas, permitem o trânsito de ideias, a circulação de informações e possibilitam a aproximação destes setores/áreas. Os sistemas de recuperação de informação devem fornecer informações integradas dos três departamentos, de acordo com instrumentos específicos de inserção informacional a partir da especificidade dos materiais. Todo o ambiente museológico é beneficiado pela integração de seu acervo e de seus profissionais. 

Publicado
2017-08-18
Seção
Pesquisas em andamento