Gestão por competência aplicada em bibliotecas universitárias

  • Andreza Nadja Freitas Serafim Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Apredentes da Universidade Federal da Paraíba
  • Izabel França de Lima Universidade Federal da Paraíba, PPGCI / PPGOA http://orcid.org/0000-0003-2701-5432

Resumo

Objetiva verificar na literatura as ações de gestão por competência existentes que são aplicadas em bibliotecas universitárias. O conceito de gestão por competênciautilizado, baseia-se na matriz conceitual estabelecida por Le Boterf (2003) e complementada por Dutra (2013), que apontam a competência como capacidade de mobilizar o conhecimento, as habilidades e aptidões individuais em diferentes contextos. Dessa forma, não deve-se vincular a competência ao cargo, mas sim ao colaborador que terá que compreender as demandas do contexto sobre ela e saber mobilizar seu repertório para atendê-las de forma adequada (Dutra, 2013).Diante dessa perspectiva, verifica-se que a gestão por competência pode ser aplicada as Bibliotecas Universitárias (BUs), tendo em vista a necessidade de adaptação em seguir essa convergência, buscando adotar uma gestão mais flexível, estratégica e empreendedora, e também instigar o estímulo e criação de mecanismos que favoreçam o desenvolvimento profissional, promovendo a aprendizagem e proporcionando aos colaboradores oportunidades reais de crescimento profissional. Em termos metodológicos trata-se de uma pesquisa exploratória, delimitada pelas abordagens qualitativa e quantitativa, que de acordo com seus objetivos adota procedimentos respaldados pela tipologia documental e descritiva. Para o alcance dos objetivos, as pesquisas documental e bibliográfica foram utilizadas como instrumento de coleta de dados. Os resultados preliminares apresentados, com base na literatura, apontam para um avanço nos estudos sobre as competências requeridas aos bibliotecários para atuar em bibliotecas universitárias e possibilitar a sugestão de ações com vista a promoção e aperfeiçoamento das competências dos bibliotecários.

Biografia do Autor

Andreza Nadja Freitas Serafim, Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Apredentes da Universidade Federal da Paraíba
Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN (2008-2012); Especialista em Biblioteconomia pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá (2013). Atualmente é mestranda do Programa de Pós-graduação em Gestão de Organizações Aprendentes na Universidade Federal da Paraíba. Atua como Bibliotecária na Universidade Estadual da Paraíba/ UEPB.
Izabel França de Lima, Universidade Federal da Paraíba, PPGCI / PPGOA
Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais(2012), mestre em Educação (2007) especialista em Gestão de Unidades de Informação (2006), graduada em Biblioteconomia (1989) e em Administração (1999) pela Universidade Federal da Paraíba. Professora do Departamento de Ciência da Informação, do Programa de Pós_Graduação em Ciência da Informação (CCSA) e do Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Apredentes (CE), Diretora da Editora da UFPB, líder do grupo de pesquisa iMclusos e pesquisadora dos grupos de Pesquisa Informação, Cultura, Imagem e Memória e Leitura, organização, representação, produção e uso da informação da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Informação e Tecnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: bibliotecas digitais, bibliotecas universitárias, serviço referência em bibliotecas universitárias, acesso e uso de informação, usuário de informação, inclusão digital/social, usabilidade, acessibilidade, informação etnicorracial.
Publicado
2017-10-12
Seção
Pesquisas em andamento