Epistemologia social e filosofia da informação: um possível diálogo entre Jesse Shera e Luciano Floridi

  • Daniel Almeida Lima Universidade Federal da Bahia
  • Henriette Ferreira Gomes Universidade Federal da Bahia

Resumo

Este trabalho teve como objetivo principal a identificação e análise de pontos de convergência e divergência entre a Epistemologia Social de Jesse Shera e a Filosofia da Informação de Luciano Floridi para que futuras pesquisas aprofundem a análise, na busca de identificar possibilidades de sínteses integradoras que sustentem a expansão da fundamentação teórica da Biblioteconomia e da Ciência da Informação. A pesquisa caracteriza-se como descritiva, com a adoção do método bibliográfico. Para estudo dos textos selecionados desses autores foi utilizada a técnica da análise de conteúdo. Como resultados deste estudo, foram categorizados oito pontos teóricos, tendo sido identificados cinco pontos que se considerou de convergência: “Abordagem ontológica”; “Abordagem ética da informação e tecnologia”; “Dinâmica da informação”; “Visão histórica do pensamento humano” e “Semântica”. Os três pontos considerados como de divergência foram: “processo de comunicação”, “dinâmica do conhecimento” e “Biblioteconomia e Ciência da Informação, preocupadas com o conhecimento”. A partir da análise desses resultados chegou-se à conclusão de que as duas teorias trabalham com pontos que potencializam o diálogo entre ambas, sendo esse diálogo um insumo para o desenvolvimento científico da Biblioteconomia e Ciência da Informação.

Palavras-chave: Epistemologia Social. Filosofia da informação. Fundamentos Teóricos – Biblioteconomia – Ciência da Informação.

Link: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/30088/17582

Biografia do Autor

Daniel Almeida Lima, Universidade Federal da Bahia

Graduado em Biblioteconomia e Documentação

Henriette Ferreira Gomes, Universidade Federal da Bahia
Doutora em Educação Profa. Titular do ICI e PPGCI/UFBA
Publicado
2017-10-04
Seção
Resumos de artigos científicos