Empreendedorismo criativo: mapeamento sistemático da literatura na plataforma Scopus

Resumo

Objetivamos realizar mapeamento sistemático da produção científica no domínio do tema empreendedorismo criativo no que tange à Indústria Criativa, a fim de estabelecer a melhor nomenclatura para uso em estudos relacionados ao tema. É também objetivo retratar o movimento de publicações na área e validar a necessidade de pesquisa aprofundada sobre o tema. Realizamos levantamento quantitativo de natureza básica, que busca exploração bibliográfica do tema seguindo procedimentos apontados pela bibliometria. Focamos em documentos disponíveis na base de dados SCOPUS, produzidos até 2015. A análise dos resultados aponta uma maior produção relacionada a partir do ano 2009, sendo o ano de maior produção 2015, a fonte mais citada o Journal of Small Business and Enterprise Development. Nenhum autor se destaca com maior produção. Quanto a Instituições de origem, destacamse Vrije Universiteit Amsterdam da Holanda e Queensland University of Technology - QUT da Austrália com 4 documentos cada. O Reino Unido lidera em produção com 35 documentos indexados, sendo que artigos científicos respondem por 66,5% destes. No que diz respeito a áreas de estudo, mostram proeminência a área de Negócios, Administração e Contabilidade com um total de 51,2% dos resultados, e Ciências Sociais com um total de 45,1% das publicações indexadas. Importante lembrar que um mesmo documento pode estar associado a diversos autores, instituições, países e áreas de conhecimento. Os resultados mostram que a melhor nomenclatura para referência ao tema é Empreendedorismo na Indústria Criativa, por estarem disponíveis mais resultados associados a este segmento do campo científico Indústria Criativa.

Palavras-chave: Empreendedorismo criativo. Bibliometria. SCOPUS.

Link: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/33337/17824

Biografia do Autor

Bibiana Silveira-Nunes, Universidade Feevale

Mestranda em Indústria Criativa - Universidade Feevale

Cristiano Max Pereira Pinheiro, Universidade Feevale
Doutor em Comunicação Social. Professor no Mestrado em Indústria Criativa - Universidade Feevale
Sandra Portella Montardo, Universidade Feevale

Doutora em Comunicação Social
Professora no Mestrado em Indústria Criativa, nos Programas de Pós-Graduação em Processos e Manifestações Culturais e Inclusão Social e Acessibilidade - Universidade Feevale

Publicado
2017-10-04
Seção
Resumos de artigos científicos