Análise estatística de fatores de visibilidade dos periódicos científicos brasileiros indexados na Web of Science e Scopus

  • Emanoel Quartiero Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Vera do Carmo Comparsi de Vargas Departamento de Informática e Estatística, do Centro Tecnológico da UFSC

Resumo

O presente artigo apresenta resultados e análises concebidos a partir da proposição de analisar estatisticamente fatores que contribuem para a visibilidade dos periódicos científicos do Brasil indexados na Web of Science e Scopus. Para tanto, o estudo desses títulos buscou descrever os resultados obtidos pelos periódicos nos indicadores bibliométricos Scimago Journal Rank (SJR), índice h, total de citações e a produção bibliográfica assinalada pelos títulos; relatar aspectos do perfil dos periódicos (entidade editora, área do conhecimento e idiomas aceitos para publicação); e relacionar os indicadores bibliométricos aos aspectos de perfil abordados. O software R foi empregado como instrumento para análises dos dados. Os resultados demonstram que os valores das medianas apresentam correlações fortes (a partir de 0,79) entre os fatores índice h, SRJ, totais de citações e de documentos; o idioma mais aceito para publicações é o inglês.; a periodicidade mensal é a que apresenta maiores resultados em confronto com as variáveis quantitativas; o índice h médio é de 8,28 com variação entre 0 e 56; a média do SJR é de 0,24 com oscilação de 0 a 0,92. o total de citações médio é de 130,6 movendo-se de 0 a 1415. A média para o total de documentos é de 74,2, sendo esses desde 0 até 421.

Palavras-chave: Periódicos científicos brasileiros. Análise estatística. Fatores de visibilidade.

Link: https://www.seer.furg.br/biblos/article/view/5620/4438

Biografia do Autor

Emanoel Quartiero, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Vera do Carmo Comparsi de Vargas, Departamento de Informática e Estatística, do Centro Tecnológico da UFSC
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora do Departamento de Informática e Estatística, do Centro Tecnológico da UFSC.
Publicado
2017-10-04
Seção
Resumos de artigos científicos