Projetos de mediação de leitura e bibliotecas em presídios femininos

Resumo

O presente artigo se propõe, por meio de uma pesquisa bibliográfica e documental, identificar de que modo as bibliotecas prisionais femininas – por meio de projetos de mediação e leitura, incluindo, a formação e desenvolvimento de acervos atualizados e condizentes com as necessidades e demandas informacionais, culturais, de lazer e educação das presidiárias – são relevantes na ressocialização e recuperação de mulheres presidiárias.

Palavras-Chave: Bibliotecas Prisionais Femininas; Mediação de Leitura; Formação e Desenvolvimento de Coleções.

Link: http://abecin.org.br/portalderevistas/index.php/rebecin/article/view/60/pdf

Biografia do Autor

Cristina Carvalho, Centro Universitário Assunção - UNIFAI
Centro Universitário Assunção - UNIFAI
Marcelo Dias Carvalho, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade de São Paulo (2002) e mestrado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2009). 
Publicado
2017-10-19
Seção
Resumos de artigos científicos