A gestão do conhecimento como suporte ao processo estratégico na administração pública municipal: um estudo comparativo de casos no Brasil e em Portugal

  • Tiago Henrique de Souza Echternacht Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
  • Carlos Olavo Quandt Universidade Católica do Paraná, Brasil.

Resumo

Este artigo identificou o compartilhamento do conhecimento, como recurso estratégico da Gestão do Conhecimento nas organizações municipais da administração pública direta municipal de Curitiba e São Paulo, no Brasil, e nos municípios de Braga, Guimarães e do Porto, na região norte de Portugal. Trata-se de uma pesquisa do tipo qualitativa que contou com a participação total de cinco prefeituras dos dois países nos casos estudados. Por conseguinte, aplicou-se um questionário como instrumento de coleta, que foi subdividido em oito blocos. Das cinco prefeituras pesquisadas no Brasil e Portugal, as três organizações de Portugal tinham uma percepção de que era necessário ter, de alguma forma, a Gestão do Conhecimento, ao passo que, no Brasil, em Curitiba, já fazia parte do planejamento estratégico da organização a Gestão do Conhecimento, e, em São Paulo, tal estratégia não era prioridade. Constatou-se, quanto às práticas de Gestão do Conhecimento, que a prefeitura que tem mais resultado é a do Porto, ao passo que, no Brasil, Curitiba está à frente. Quanto aos obstáculos para a implementação da Gestão do Conhecimento, as cidades que apresentaram maiores dificuldades foram as de Braga e Guimarães, em Portugal, por não ser uma prioridade e pela falta de comprometimento dos diretores; no Brasil, foi São Paulo, pela descontinuidade do processo de implementação da Gestão do Conhecimento. Logo, as prefeituras que mais demonstraram ter práticas de Gestão do Conhecimento e utilizam o processo estratégico das organizações públicas municipais foram a cidade do Porto, em Portugal, e Curitiba, no Brasil.

Palavras-chave: Gestão do Conhecimento. Gestão do conhecimento no setor público. Administração Pública Municipal.

Link:http://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/32973/17291

Biografia do Autor

Tiago Henrique de Souza Echternacht, Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
Doutor em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil. Professor da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
Carlos Olavo Quandt, Universidade Católica do Paraná, Brasil.
Carlos Olavo Quandt Doutor em Urban Planning pela University of California, Estados Unidos. Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil.
Publicado
2017-10-23
Seção
Resumos de artigos científicos