Pesquisa e Tecnologia: o projeto SESA e o software Estrela de Davi

  • Eliete Correia dos Santos Universidade Estadual da Paraíba
  • Vancarder Brito Sousa Universidade Estadual da Paraíba

Resumo

Atualmente muitas ferramentas da web estão disponíveis aos pesquisadores e estudantes. Em um contexto científico, essas ferramentas de pesquisa podem ser utilizadas para buscar informação, comunicar, colaborar, organizar, divulgar e mensurar a produção de pesquisa de forma eficaz. O objetivo deste texto é apresentar a discussão realizada na mesa-redonda Pesquisa e Tecnologia: reflexões para a Arquivologia por ocasião do VIII Seminário de Saberes Arquivísticos - SESA, ocorrido em agosto de 2017, na UFPB. Expomos, brevemente, sobre a arquitetura do software Estrela de Davi – um instrumento desenvolvido com vistas a facilitar a produção científica pela elucidação das etapas de planejamento e escrita de gêneros acadêmicos – que está em desenvolvimento, cujos pressupostos teóricos são pautados na proposta de ensino de gêneros acadêmicos de Santos (2013) à luz da teoria bakhtiniana. 

Biografia do Autor

Eliete Correia dos Santos, Universidade Estadual da Paraíba

Doutora em Linguística pelo PROLING/UFPB. Mestre em Linguagem e Ensino pela UFCG. Professora da Universidade Estadual da Paraíba - do Curso de Arquivologia. Líder do grupo de pesquisa Arquivologia e Sociedade - GPAS cuja linha de pesquisa é Arquivo, Linguagem e Memória, membro do GPLEI/UFPB. Concluiu o doutorado sanduíche, na Universidade do Porto - PT, na interface com o Curso de Ciência da Informação e Linguística. Coordenadora Geral do SESA.

Vancarder Brito Sousa, Universidade Estadual da Paraíba
Professor do curso de Ciências Biológicas da UEPB, Doutor em Sociologia pela UFPB, Membro do Grupo de Pesquisa Arquivologia e Sociedade – GPAS.
Publicado
2017-10-20
Seção
Memória